Além da prisão de três acusados, policiais da 35ª DP apreenderam armas de fogo, dinheiro, munição e itens usados nos crimes

Itens apreendidos com acusados em Sobradinho II(foto: PCDF/ Divulgação)
Itens apreendidos com acusados em Sobradinho II(foto: PCDF/ Divulgação)
Uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu três homens acusados de homicídio e tráfico de drogas. As prisões tinham como objetivo tirar de circulação autores de assassinatos, tráfico, porte de arma e guerra de gangues em Sobradinho II.
Desencadeada pela 35ª Delegacia de Polícia com apoio do Departamento de Polícia Circunscricional (DPC), as prisões foram realizadas em endereços de Sobradinho II e no Setor de Mansões Dom Bosco (SMDB) do Lago Sul, em cumprimento à oito mandados judiciais.
A polícia apreendeu armas de fogo, munições, itens, como celular, notebook e máquina de cartão de crédito usados para os crimes, um carro e dinheiro (foto: PCDF/ Divulgação)
A polícia apreendeu armas de fogo, munições, itens, como celular, notebook e máquina de cartão de crédito usados para os crimes, um carro e dinheiro(foto: PCDF/ Divulgação)
Além dos investigados, a polícia apreendeu armas de fogo, munições, itens, como celular, notebook e máquina de cartão de crédito usados para os crimes, um carro e R$ 1 mil em espécie.
Os presos possuem passagem por homicídio, porte de arma e tráfico, entre outras acusações. São eles, Welinton de Sousa Lima, o “Índio”, investigado por tráfico, homicídio, roubos, porte de arma e guerra de gangues; Mikael Teodoro Gil, que estava foragido da justiça, preso envolvido em tentativa de homicídio, roubos e estupro de vulnerável; e Michael Santos Rodrigues, acusado por posse de armas.
(*) Fonte: Correio Braziliense