Quem me conhece sabe que não sou muito de escrever. Prefiro ser do time do “fazer”, da ação, das ruas…Mas para os 60 anos da cidade onde, nasci, fui criado, me casei, fiz irmãos na fé, inúmeros amigos, criei meus 8 filhos e sempre morei acho que cabe uma exceção. Portanto peço, desde já, o perdão por minhas meias palavras devido à falta de prática.

Se fosse para lembrar todos os “causos” ou citar todos os amigos que fiz em nossa cidade o proprietário deste jornal iria à falência porque ia ter que ser papel viu…Jornal iria ficar enorme! Então bora lá porque me pediram para ser sintético.

Agora, falando sério, acho que assim como o amigo leitor, nunca imaginei comemorarmos os 60 anos do nosso Sobradinho em meio a este cenário, nesta guerra sanitária em que estamos vivendo e para a qual eu e meu gabinete não temos poupado esforços no combate.

Mas, como fiz ao longo de toda minha vida, e tenho replicado aos amigos e conhecidos com quem converso sobre o assunto, mais do que nunca precisamos abusar da COMUNHÃO, SOLIDARIEDADE e na medida do possível da TRANQUILIDADE ao tentarmos viver um dia de cada fez e buscar sempre ver o lado bom de todos os desafios. Como cristão, temente à Deus, estou vendo que Ele está dando a todos nós uma chance de buscarmos SER ao invés de TER. E para quem tá aproveitando o exercício acho que estão colhendo só bons frutos.

E nisso toda a nossa comunidade de Sobradinho está dando um show. Todos abriram mão do partidarismo, da camisa do time, e vestiram a mesma camisa: a da SOLIDARIEDADE. Grupos de amigos, de mães de alunos, de igrejas, comerciantes, autoridades, todos unidos e fazendo o possível e o impossível para contornarmos esta crise com o mínimo de perdas possíveis.

Nosso isolamento social continua, maio continua e, em meio a ele dia 13 de maio: aniversário de Sobradinho. Sobradinho, celeiro de grandes artistas, de uma serra digna de cartão postal –  que só de vermos na subida da BR 020 já conseguimos respirar e sentir que estamos chegando em casa. É ou não é?

Sobradinho, cidade única privilegiada por tantas faixas verdes, serenidade e uma coisa rara de se achar perto de grandes metrópoles: o canto dos passarinhos. Um verdadeiro luxo em meio aos tempos modernos.

Sobradinho…Que em 2021 possamos fazer uma comemoração por seus 60 anos e pela superação dos desafios que 2020 nos trouxe. Comemorar com uma alegria nunca antes vista, junto de nossos “barristas”, os pioneiros que fundaram esta cidade e todos àqueles que hoje a amam e aprenderam a te chamarem de LAR. Feliz aniversário, Nosso Sobradinho!

(*) João Cardoso – Professor, auditor-fiscal e deputado distrital.