Em uma nota pública, deputados federais e senadores do Distrito Federal solicitaram ao Supremo Tribunal Federal que avalie o retorno imediato do governador Ibaneis Rocha à sua função como governador.

A nota afirma que Ibaneis está afastado há quase um mês sem provas de sua participação nos atos de vandalismo ocorridos no dia 8 de janeiro e que não há justificativas para ele continuar afastado do cargo.

Nota da bancada do Distrito Federal

A Bancada do Distrito Federal vem a público solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) que avalie o imediato retorno do governador Ibaneis Rocha às suas funções à frente do Governo do Distrito Federal. Há quase um mês e sem provas divulgadas de seu envolvimento nos atos de vandalismo perpetrados no último dia 8 de janeiro, não há justificativas para que o governador permaneça afastado do cargo. Ibaneis Rocha foi eleito pelo povo do Distrito Federal, em primeiro turno, e nós, representantes igualmente eleitos, consideramos urgente que sejam restabelecidas as suas funções para que a capital volte à sua normalidade.

Deixamos claro ainda que repudiamos todo e qualquer ato de vandalismo, e esperamos que os responsáveis sejam identificados e igualmente punidos, de acordo com a lei.

Brasília, fevereiro de 2023

A nota foi aprovada pelos seguintes parlamentares:

Senadores:
– Izalci Lucas (PSDB)
– Leila Barros (PDT)
– Damares Alves (PR)

Deputados Federais
– Bia Kicis (PL)
– Alberto Fraga (PL)
– Rafael Prudente (MDB)
– Júlio César (Republicanos)
– Paulo Fernando (Republicanos/Suplente)

A deputada Erika Kokay se manifestou contrária à nota