Além de receitas com batata doce, abóbora, mandioca e milho, os participantes aprenderam boas práticas de fabricação com foco na segurança alimentar

Produtores rurais de Planaltina, Sobradinho, São Sebastião, Ceilândia e Brazlândia participaram, nesta terça-feira (23), do curso de panificados promovido pelo Centro de Formação Tecnológica e Desenvolvimento Profissional (Cefor) da Emater-DF. Foram ensinadas quatro receitas de pães artesanais feitos com batata doce, abóbora, mandioca e milho.

Produtores rurais aprenderam receitas de pães caseiros, com maior valor nutritivo, e boas práticas de fabricação | Foto: Divulgação/Emater-DF

A economista doméstica Sandra Evangelista, extensionista rural da Emater-DF e instrutora do curso, explicou que o objetivo foi ensinar os produtores a produzir pães caseiros, com maior valor nutritivo e modelagens simples. “São receitas muito boas e que podem, inclusive, ser feitas usando a casca desses produtos, o que deixa o pão nutritivo e com mais fibras. O passo a passo é o básico de todo pão caseiro. Eles [os produtores] podem fazer em casa e enriquecer a alimentação da família”, ressalta.

O curso abordou também noções de Boas Práticas de Fabricação (BPF). Essa é a segunda turma do Cefor voltada para a produção de panificados em 2023. “A Emater-DF está sempre motivando a gente a aprender. Para a gente que tá na área rural é gratificante ter essas oportunidades”, afirma Patrícia Teixeira, 46 anos, do Núcleo Rural Boa Esperança, de Ceilândia.

Segundo ela, que ainda não sabia como produzir pães, o curso pode ampliar seus horizontes. “Diante do que aprendi, consigo acreditar que no futuro possa ser uma oportunidade para, quem sabe, empreender nesse negócio”, conta.

Erinaldo Ferreira Guimarães, 63 anos, morador do Núcleo Rural Nova Betânia, em São Sebastião, diz que já sabe fazer peta e bolo, mas o pão ele vai começar a partir de agora. “Esse curso é excelente. Na semana passada participei de outro curso de rapadura com farinha da Emater em São Sebastião. Estou achando muito bom aprender. Eu não tinha nem noção de como fazer pão, mas agora vou fazer em casa para consumir, ir aprimorando e depois partir para a comercialização”, afirmou.

Os produtores interessados em participar das próximas atividades podem procurar o escritório local da Emater-DF mais próximo de sua propriedade e se informar sobre o calendário das capacitações. A lista completa com os endereços e telefones dos escritórios locais pode ser conferida neste link.

*Fonte: Agência Brasília, Edição: Débora Cronemberger, com informações da Emater-DF