Salto Corumbá oferece passeio com sete cachoeiras e outras atrações

Salto Corumbá oferece passeio com sete cachoeiras e outras atrações – Divulgação/ TV Brasil

A retomada do turismo no pós-pandemia passa pela busca pelos destinos rurais. A Organização Mundial do Turismo (OMT), entidade ligada à Organização das Nações Unidas, aponta como tendência o turismo próximo de casa, atividades ao ar livre e na natureza. Na zona rural da capital do país, o crescimento do turismo na região já é notado. O Sindicato de Turismo Rural e Ecológico (Ruraltur-DF) avalia que houve um aumento de 30% para estes destinos nos últimos anos. “O distanciamento, a natureza, o ar puro, o contato com os animais, isso despertou um interesse maior”, avalia Fernando Mesquita, presidente do Ruraltur. 

A equipe do Caminhos da Reportagem visitou alguns destinos no Planalto Central do país que conseguem fazer o turista mergulhar num ambiente completamente diferente do dia a dia, mesmo estando localizados próximos a grandes cidades. No Salto Corumbá, por exemplo, um ecoparque a cerca de 120 quilômetros de Brasília e de Goiânia, em plena segunda-feira, o local recebia vários visitantes, atraídos pelas sete cachoeiras e outras atividades.

A jornalista Bárbara Lins se especializou em descobertas turísticas

A jornalista Bárbara Lins se especializou em descobertas turísticas – Divulgação/ TV Brasil

“Entrar debaixo daquela cachoeira é uma coisa formidável, a natureza nos proporciona algo incrível”, comemorava o aposentado José Natal, que mora em Anápolis, Goiás. Ele aproveitou para apresentar a familiares de Blumenau (SC), o destino de aventura que fica a 1 hora de sua casa. O parque agora conta também com uma nova atração: a trilha do ouro, que resgata a história da mineração na região. A atração é feita em um vagão de trenzinho e percorre 1 quilômetro até chegar próximo às cachoeiras. “O melhor é não ter que ir e voltar a pé, para mim o passeio ficou maravilhoso”, avalia a intérprete Mariana Miranda. 

Apaixonada por passeios no “meio do mato”, a jornalista Bárbara Lins criou o blog Descobertas Bárbaras, em que compartilha suas aventuras. “Eu acredito que, cada vez mais, a gente precisa desses espaços de natureza para desestressar e desconectar da correria”, afirma. Das páginas de seu blog e redes sociais, muita gente tira dicas e conhece atrações próximas de Brasília. Como o passeio de um dia no Cabríssima, uma queijaria onde é possível fazer uma trilha pelo sítio, conhecer as cabras e também degustar os produtos feitos a partir do leite desses animais. “É uma experiência sensorial mesmo, de degustar, de pegar, de ter contato com a natureza”, explica Giovana Navarro, uma das donas do negócio. 

Passeio de charrete no Rancho Canabrava

  Passeio de charrete no Rancho Canabrava
  Divulgação/ TV Brasil

O Rancho Canabrava, próximo a Sobradinho, no Distrito Federal, também tem como chamariz a combinação de passeio e boa comida. Um almoço caipira é servido no fogão a lenha. Mas o que as crianças gostam mesmo é das outras atrações: fazendinha com animais, como mini-vacas, pônei, coelhos e ovelhas; arvorismo, charrete, touro mecânico e passeio a cavalo. “Todo final de semana tem criança chorando na hora de ir embora, eu acho que isso é o melhor termômetro, né?”, conta Anna Maria Lucena, dona do local. Para ampliar ainda mais a experiência, também há a possibilidade de acampamento para pais e filhos.

Na onda do crescimento, empresários testam novas experiências. Em Cristalina (GO), uma lagoa de cristais, formada após a mineração desse tipo de pedra ter feito brotar água do lençol freático, tem atraído turistas pela sua cor e transparência. “Essa é uma água de cristais, que traz cura, tratamento, enfim, esse é o grande diferencial”, conta Eduardo Fernandes, dono do Adventure Park, que ainda está em fase de construção, mas já recebe visitantes. Além de poder aproveitar a lagoa, com caiaque, stand up paddle e mergulho, o turista também pode fazer a trilha até a Pedra do Chapéu do Sol,  um quartzito de 347 toneladas, com 13,7 metros de comprimento, que se inclina sobre outra pedra. 

Balancéu: a vista do Planalto Central

Balancéu: a vista do Planalto Central, por Divulgação/ TV Brasil

Outra experiência diferente que tem atraído visitantes nos arredores de Brasília é o Balancéu – como o nome já dá a dica, um balanço que parece alcançar o céu. A atração foi montada no limite de um desnível de 290 metros de altura, na  Chapada da Contagem, em Brasília. Cada visitante pode balançar por 30 minutos, admirando o céu acima, a natureza abaixo e um horizonte de tirar o fôlego. “Não é só a sensação do balanço em si, mas toda a paisagem, enfrentar nossos medos, o desconhecido que gera aquele desconforto, mas que, quando você se solta, aproveita ainda mais”, conta a turista Cristiane Mesquita. O proprietário, Marcus Heisi, afirma que em um ano, mais de 2 mil pessoas já vieram curtir a experiência.

Serviço

O episódio Turismo rural: uma saída perto de casa, do Caminhos da Reportagem, vai ao ar neste domingo (25/09), às 22h, na TV Brasil.

Fonte: tvbrasil.ebc.com.br