Convocação do Vice-Presidente da CLDF, Ricardo Vale (PT), ocorre após a suspeita de ocorrência do primeiro caso de febre maculosa na Capital Federal

O Vice-Presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Deputado Distrital Ricardo Vale (PT), protocolou nessa terça-feira (12) um requerimento convocando Audiência Pública para o próximo dia 28 com a finalidade de discutir a infestação de carrapatos na orla do Lago Paranoá e as implicações dos parasitas na saúde pública do DF. O pedido ocorre após a suspeita do primeiro caso de febre maculosa na Capital Federal, registrado esta semana e em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

A Secretaria de Saúde aguarda o resultado final para se posicionar e apresentar as medidas sanitárias cabíveis. Entretanto, ainda no início de agosto, o distrital havia pedido informações aos órgãos ambientais do DF sobre quais as medidas preventivas foram adotadas contra as doenças causadas pelos carrapatos identificados na orla do Lago Paranoá. A solicitação de esclarecimentos foi destinada à Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal (Sema-DF) e ao Instituto Brasília Ambiental (Ibram-DF), em virtude da intensificação da presença de capivaras — principais hospedeiros de carrapatos — na orla do lago no período agudo da seca.

Em resposta, o IBRAM informou que o Distrito Federal não é uma área endêmica para febre maculosa e dados do Ministério da Saúde constatam que nos últimos 20 anos, não foi identificado nenhum óbito por febre maculosa na região. “Com a notícia de um possível caso, precisamos nos antecipar a uma eventual crise sanitária e tranquilizar a população sobre o cenário local e os cuidados que devem ser tomados rotineiramente”, afirma Vale. O distrital também afirma que além dos seres humanos, pets podem ser picados pelos carrapatos e a população precisa estar orientada.

Serviço:
Audiência Pública para debater a infestação do carrapato estrela na Orla do Lago Paranoá
Dia: 28/9
Horário: 9h30
Local: Sala de Comissões da Casa

Fonte: Juliana Oliveira