01) Deputado esse ano de 2023 foi muito intenso na CLDF , e o sr. Teve atuações muito importantes; o que mais gostaria de deixar evidenciado?

A sanção e a regulamentação da lei que pune financeiramente os agressores de mulheres foi, sem dúvida, a principal conquista legislativa deste primeiro ano de mandato. Também tivemos a regulamentação da lei que obriga o debate do machismo nas escolas públicas. Ou seja, conseguimos instrumentos importantes de enfrentamento ao machismo, atuando na prevenção e repressão. Agora, precisamos ver a aplicação deles e vamos cobrar o GDF.

Na Vice-Presidência, atuei pela modernização da comunicação e no fortalecimento das ferramentas de controle social. Esse é um legado importante do qual me orgulho. Neste ano a CLDF, foi considerada pela transparência internacional a assembleia legislativa mais transparente do Brasil.

02) A Cultura do DF teve alguns projetos aprovados na CLDF, vale o registro do Dia do Rock e…

O Distrito Federal sintetiza a cultura de todas as regiões do Brasil, é um celeiro natural de manifestações artísticas, criatividade e precisa de mais mecanismos de incentivo para movimentar a cadeia de trabalhadores do setor. Incorporar o Dia do Rock Brasiliense ao calendário oficial é uma forma de movimentar o cenário, permitindo a captação de recursos públicos e privados para a realização de eventos, gerando trabalho e renda. Da mesma forma, conseguimos a aprovação do projeto de incentivo aos escritores e escritoras locais, que precisam de visibilidade para sua produção. Em Sobradinho, o Arte na praça segue a todo vapor, incentivado pelo nosso mandato.

03) A Comunidade de Sobradinho recebeu algumas de suas emendas vale o registro para…

Conseguimos abastecer o hospital regional com cobertores, e recentemente, obtivemos a liberação de um milhão de reais para a compra de medicamentos, que contemplarão todo o DF, incluindo Sobradinho. Essas ações garantem o mínimo de dignidade para a população. Destinamos 400 mil reais para a eficientização de quadras esportivas e 200 mil reais para a reforma dos banheiros da Feira Modelo de Sobradinho. Destinamos ainda quase um milhão em emendas para várias escolas da região, o que é fundamental para a qualidade do ensino. Para Sobradinho II, destinamos 380 mil reais para a melhoria de áreas públicas e vamos reformar o campo sintético AR 1. Também alocamos recursos para o recapeamento de várias ruas, visando minimizar o problema das enchentes pela falta de drenagem, questão que temos destacado de maneira insistente ao GDF e solicitado obras estruturantes. Reconhecemos que as necessidades são muitas, mas tivemos um ano produtivo e continuaremos buscando mais realizações.

04) Sabemos que o sr. Participa muito da vida esportiva de Sobradinho, gosta de futebol e ainda teve seu time do coração campeão em 2023, quer mais?

Desde os 7 anos, jogo futebol. Comecei na escolinha do senhor Marinalvo e até hoje frequento os campos de futebol amador do DF. Sempre estive próximo e ajudando muitas escolinhas esportivas, ligas amadoras e times, principalmente de futebol amador. Eu sei a importância do esporte na vida das crianças, jovens e adultos, porque vivi isso. Também resgatei o time profissional do Sobradinho em 2012, colocando o Leão da Serra entre os grandes clubes do DF novamente. Pena que quando me afastei, o time caiu novamente. Quanto ao Palmeiras, dei sorte de resolver ser palmeirense desde criancinha, sofri um bom tempo, mas nos últimos anos, o maior campeão do Brasil só tem me dado alegrias.

05) Muito se fala do resgate do Sexagenário Clube Sodeso , o que o senhor poderia falar aos moradores de Sobradinho sobre isso?

O Sodeso é um patrimônio do povo de Sobradinho e faz parte da história da nossa cidade. Curto muito o clube, desde os anos 1980 e 1990. Nadei, dancei nos bailes e joguei futebol, como muitos da minha geração fizeram. Desde 2017, tento convencer o GDF a devolver o clube para a nossa população. Infelizmente, isso ainda não aconteceu. Agora, há um movimento importante na cidade para resgatar o clube. A população sabe que estou junto; é um sonho ver o Sodeso e o Bancrevea se tornarem clubes de vizinhança em nossa cidade e frequentados pela população local.

06) Mesmo sendo do PT, muita gente te considera um parlamentar moderado e de diálogo, isso te ajuda?

Sou um político de esquerda, filiado ao PT desde os 18 anos. Tenho orgulho de tudo o que o PT, com o Lula, Dilma e os partidos aliados fizeram em benefício do nosso país e do Distrito Federal. Políticas como o FIES e o PROUNI, na educação; Minha Casa Minha Vida, programa de moradia para população de baixa renda; e tantas outras ações, como Bolsa Família, Luz para todos, PAC foram muito importantes para a população. Graças a Deus, ao povo e à democracia, Lula e o PT estão de volta. Eu sou mesmo de diálogo, aprendi fazer política com o Lula. Como parlamentar, o mais importante não é o que eu acho ou quero, mas o que é possível e melhor para o conjunto da sociedade. Faço política pensando no coletivo e priorizando a melhoria da qualidade de vida de todo mundo, principalmente para os mais necessitados. Então, tenho mesmo que dialogar. Vejam a terceira faixa entre Sobradinho e Planaltina, e o BRT Norte, obras que começam no ano que vem. Fizemos uma campanha, colhemos assinaturas, conversamos com o GDF e com o Governo Lula para termos essa conquista, sem o diálogo essas obras que vão melhorar a mobilidade na região norte não aconteceriam.

07) Vem aí o Natal e as Festas de Final de Ano o que o senhor gostaria de dizer aos Moradores do DF e da nossa Região Norte do DF?

Quero desejar um Natal abençoado de paz e união. Desejo que as pessoas renovem a esperança e a fé para 2024 e saibam que o nosso Gabinete 13 vai continuar empenhado por melhorias para a população. O caminho não é fácil, mas sei que com dedicação,  trabalho e diálogo, vamos ter grandes realizações.

Por Junior Nobre / Jornal de Sobradinho com informações da comunicação do Dep Ricardo Vale PT/DF