É o teu amor que minha alma implora,

Não sei por que isto acontece.

Tantas outras almejam o meu carinho,

Mas infelizmente é por ti que ela padece!

***

Quantas noites solitário e triste,

Lembrando ao amanhecer o que passou.

E outras almas felizes e sorridentes

Relembrando os belos momentos

Da noite interior

***

Por que só tu que me fazes sofrer?

Estou preso a ti sem que percebas,

Sou teu escravo no mundo em que vivo.

Por favor, Minh alma te apaixona,

Por uma daquelas que tanto me almejam.

(*) Vivaldo Terres _ Poeta, Escritor e Colabora com o Jornal de Sobradinho