A 1ª Vice-Presidente do TJDFT, desembargadora Sandra De Santis, participou da inauguração, no dia , 7/12, da quarta sala de apoio à amamentação nos fóruns do DF, agora no Fórum de Sobradinho. O objetivo das salas é proporcionar um espaço reservado, adequado e tranquilo para a mãe amamentar seu bebê, atendendo servidoras ou usuárias dos serviços prestados pelo Tribunal.

 

Para a desembargadora, a gestão humanizada que apóia a amamentação, além de respeitar os direitos fundamentais, reduz significativamente o absenteísmo e a rotatividade e aumenta a satisfação com o trabalho e a instituição. “Como mãe e profissional, vivenciei essa fase única e delicada, em que a mulher e o bebê precisam receber todo o auxílio possível, a fim de que haja tranquilidade e saúde para ambos”, declarou. A magistrada elogiou nominalmente a servidora Vanessa Mesquita, uma das grandes incentivadoras desse projeto.

 

O Secretário de Saúde do Tribunal, Glycon Cardoso, falou que a intenção é que se tenha uma sala de amamentação em cada fórum. “Essa sala representa um local aconchegante para a mãe dar o que ela tem de mais importante: o leite materno”, afirmou. Disse que assim, o indivíduo está preparado para conviver melhor durante a vida com as possíveis intercorrências que fazem mal à saúde.

 

A Diretora do Fórum de Sobradinho, juíza Luciana Ramos, agradeceu a inciativa e a dedicação da servidora Ava Queiroz, que foi além, se empenhando para inaugurar a sala do jeito que está. “A sala representa humanização!”, ressaltou a magistrada.

 

Estavam presentes ao ato o juiz assistente da 1ª Vice-Presidente, Omar Dantas, a coordenadora do Centro de Assistência Multidisciplinar – CAM/SESA, Marcella Bittencourt, autoridades e servidores.

 

As Salas de Apoio à Amamentação do TJDFT são espaços tranquilos, limpos, confortáveis, com poltrona e geladeira, que atendem servidoras que ainda estejam em licença-maternidade, mas que vêm aos fóruns, para consultas médicas ou para resolverem questões administrativas, por exemplo, e que, estando com seus bebês lactentes, possam amamentá-los em um local apropriado. Além disso, a servidora que já retornou ao trabalho, poderá retirar seu leite e mantê-lo armazenado em condições adequadas até o final do expediente, e oferecê-lo ao seu filho quando retornar para casa. A nova sala irá beneficiar todas as mulheres no período de lactação, terceirizadas e usuárias do Fórum.

 

A sala de Sobradinho conta com fraldário e está instalada no térreo do Fórum. As outras 3 salas estão localizadas no Fórum de Brasília, 2º andar do Bloco A, inaugurada em março; no Fórum de Samambaia, 3º andar, e no Fórum Mirabete, localizada no 1º subsolo, ao lado do Protocolo Integrado, ambas inauguradas em abril.

 

Em 2015, o TJDFT foi certificado pelo Ministério da Saúde, como órgão que promove, protege e apóia o aleitamento materno para a mulher no local de trabalho. Naquela época o Tribunal contava com salas de amamentação semelhantes em seus berçários. Em agosto deste ano, o Tribunal, mais uma vez, foi sede da abertura da Semana Mundial do Aleitamento Materno no Distrito Federal.

Por MLC /TJDFT