Primeira edição da corrida e caminhada do Circuito Serrano contou com 30 participantes na categoria de Pessoas com Deficiência

“É meu hobby. Um esporte que eu amo é a corrida de rua. Vim para competir com os meninos e superar os meus limites”, declarou Júlio César Gomes Ribeiro, vencedor do percurso de 5 quilômetros da 1ª corrida e caminhada do Circuito Serrano. O evento ocorreu na manhã deste domingo (25), em Sobradinho, com largada e chegada na Avenida Contorno, no Parque Ecológico dos Jequitibás. A programação foi em celebração ao aniversário de 63 anos da cidade, comemorado no dia 13 de maio.

Júlio César Gomes Ribeiro veio de Aparecida de Goiânia e venceu a prova de 5 km | Fotos: Paulo H. Carvalho/ Agência Brasília

Júlio César veio de Aparecida de Goiânia e se disse muito feliz pela conquista. “Tem uns atletas muito fortes aqui e consegui ganhar, mesmo com a idade avançada. Estou com 46 anos. É muito importante esse incentivo público à prática do esporte para sair do sedentarismo”, acentuou o motorista de caminhão.

“A gente está, junto com o governo, trazendo a cultura do esporte outdoor para a área serrana. Valorizamos o esporte de Sobradinho, temos inúmeros atletas campeões, não só na modalidade de corrida de rua, mas também ciclismo, entre outros”

Salvan Cavalcante, um dos organizadores do Circuito Serrano

Com fomento de R$ 150 mil da Secretaria de Esporte e Lazer do Distrito Federal, o evento tinha percursos de 5 km e 10 km, além da caminhada de 3 km. Cerca de mil pessoas participaram da largada, que foi dada por volta das 8h.

O secretário de Esporte e Lazer, Julio Cesar Ribeiro, afirmou que “a intenção é proporcionar maior participação da comunidade nas corridas, uma vez que eventos como este, incentivam a manutenção da qualidade de vida por meio do esporte.”  “Hoje estamos aqui celebrando os 63 anos de Sobradinho da melhor maneira possível, com muita prática esportiva. Para nós é uma alegria muito grande fazer parte deste momento, e de uma maneira tão salutar. A nossa cidade se consagra como a capital do esporte, e paralelo a isso, também se mantém como cenário ideal para a realização de corridas de rua”, completou.

O subsecretário do Esporte, Carlos Pontes, ressaltou a importância do evento como uma oportunidade de promover a saúde e o bem-estar. “É gratificante presenciar um um momento como esse, poder conhecer o parque e promover a integração social por meio do esporte. Sobradinho merece um evento como esse e com certeza será o primeiro de muitos que virão”, destacou.

Esporte e inclusão

Cristiano de Lima Nogueira se superou e bateu a marca pessoal na prova para PcDs

O circuito também contou com uma categoria para Pessoas com Deficiência (PCD) andantes, da qual cerca de 30 atletas fizeram parte. Entre eles, o jovem de 26 anos Cristiano de Lima Nogueira. O estagiário fez os 5 quilômetros em um tempo aproximado de 28 minutos. Ele descreveu a corrida com a palavra “superação”.

“Na corrida é muito importante essa categoria. Na minha cidade quase nunca tem para PCD e hoje pude participar. Quando eu comecei fazia 36 minutos, foi muito bom meu tempo de hoje e quero melhorar cada vez mais”, pontuou Cristiano.

Salvan Cavalcante, um dos organizadores do circuito, reforçou a importância da categoria no evento. “O esporte está aqui para a gente fazer inclusão”, afirmou. O organizador também falou sobre a importância do incentivo ao esporte para a comunidade de Sobradinho. “A gente está, junto com o governo, trazendo a cultura do esporte outdoor para a área serrana. Valorizamos o esporte de Sobradinho, temos inúmeros atletas campeões, não só na modalidade de corrida de rua, mas também ciclismo, entre outros”, observou

Fonte: Jak Spies, da Agência Brasília , Edição: Vinicius Nader