O objetivo da visita foi avaliar o andamento dos trabalhos da administração e conferir de perto às demandas da cidade.

A Administração Regional de Sobradinho recebeu nesta terça-feira, 19, pela manhã a vista do secretário adjunto de cidades do GDF, Gustavo Aires. O objetivo da visita, segundo o secretário foi avaliar o andamento dos trabalhos da administração e conferir de perto às demandas da cidade.

 

O secretário foi recebido pelo administrador regional Eufrásio Pereira, o chefe de gabinete, Cícero Lima e o major Salviano, do 13º BPM de Sobradinho, que acompanhou o grupo ao longo de toda a visita.

 

No encontro, o administrador apresentou ao secretário os pontos de atenção prioritários para a comunidade de Sobradinho, como obras de drenagem de água e recapeamento da avenida principal de acesso ao Nova Colina, a questão das ocupações de terra ilegais que permeiam a zona rural da cidade e a necessidade de regulação dos ambulantes. O administrador também aproveitou a oportunidade para pedir a manutenção das instalações da então rodoviária provisória após a reinauguração da rodoviária. “Queremos que a estrutura erguida pelo DF Trans seja mantida e a responsabilidade da área transferida para a Administração para utilizarmos aquela estrutura para instalação de mais postos de serviços públicos pontuais para a comunidade de Sobradinho”, solicitou Eufrásio.

 

Após uma breve conversa, o grupo saiu para uma visita a alguns dos pontos críticos da cidade como o estacionamento da feira modelo e passagem pelas ocupações irregulares ao longo da rota turística da cidade, a rota do cavalo. O grupo também passou para conferir de perto os trabalhos da força tarefa Administração nas Quadras, da Administração de Sobradinho em parceria com o SLU, para limpeza das ruas residenciais e faixas verdes da cidade.

 

PONTOS COLOCADOS PELO SECRETÁRIO

 

Sobre os ambulantes, Gustavo afirmou que o GDF tem o objetivo de formalizá-los em conformidade com a Lei de Uso e Ocupação do Solo aprovada em dezembro que ainda está pendente de regulamentação. “Estamos estudando junto à Agefis para começarmos a organizar esta situação. Vamos precisar muito das Administrações para fecharmos o plano de ocupação estudo de áreas viáveis”, pontuou Aires.

 

Acerca da concorrência desleal dos ambulantes com os lojistas, o secretário tranquilizou: “Com a regulamentação todos os comerciantes serão obrigados a se registrarem no Simples Nacional e estarão sujeitos a tributações como todos os lojistas”.

 

Sobre a questão do estacionamento da feira modelo o secretário informou que o GDF irá estudar com urgência uma solução para regularização da área utilizada como estacionamento que hoje é metade pública e metade privada: “Vamos estudar uma forma de melhorar este estacionamento, seja propondo uma permuta com a área privada, seja com a colocação provisória de bloquetes.”

 

Gustavo Aires afirmou ainda que voltará com frequência à cidade para acompanhar de perto o atendimento das demandas da cidade.

 

O administrador, Eufrásio Pereira, se disse satisfeito com o encontro: “Com esse acompanhamento de perto conseguimos levar nossas demandas duma forma mais rápida e concreta para o governador, que já nos prometeu e está trabalhando por mais autonomia para as administrações e encurtando processos burocráticos”, avaliou.

 

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – Fotos: João Timóteo