Querendo a reeleição, Ibaneis Rocha (MDB) acompanhou os trabalhos na Rota do Cavalo e na altura do estádio Augustinho Lima

Considerada um dos grandes gargalos no trânsito do Distrito Federal, a saída Norte acompanha a construção de mais um viaduto para aliviar o tráfego na capital. Em Sobradinho, na altura do estádio Augustinho Lima, as obras receberam na manhã de hoje a visita do governador Ibaneis Rocha (MDB). O aporte financeiro para a construção viária beira os R$ 34 milhões e foi autorizada em fevereiro deste ano.

Em meio à poeira vermelha no canteiro, Rocha acompanhou as explicações dos engenheiros responsáveis pela empreitada. De acordo com o titular do Buriti, cerca de um terço da construção já foi concluída. “Está bastante adiantada, quase 33% concluída, expectativa de entrega era para março, a empresa já traz uma expectativa de que até dezembro esteja totalmente pronta”, pontuou. Segundo o governador, outro ponto da saída Norte terá melhorias para a população.

“Temos um outro viaduto na entrada de Planaltina. O projeto está em fase de conclusão pelo DER, espero ainda lançar esse ano, completando todo esse eixo”, indicou Rocha. Ele também demonstrou preocupação com o aumento da malha para o transporte público. “Esse é para ser o eixo norte do BRT, nós estamos trabalhando para conseguir os recursos e, num próximo mandato, ou eu ou quem tiver à frente do governo possa trabalhar com esse BRT e concluir todas as obras, que vêm desde o Complexo Viário Joaquim Roriz, para que toda essa região seja beneficiada”, declarou.

Foto: Olavo David/JBr

Ibaneis se referiu ao tempo gasto por trabalhadores e trabalhadoras no caminho de casa para o trabalho e do trabalho para casa. “É muito importante porque as pessoas sofrem muito com o transporte urbano, ficam muito tempo dentro do transporte. O DER vem fazendo um belíssimo trabalho”, finalizou.

Antes da DF-040, o mandatário esteve nas obras da DF-440 – também conhecida por Rota do Cavalo – onde vistoriou obras de uma rotatória na região. Lá, foram investidos cerca de R$ 9 milhões para asfaltamento da via, onde moram cerca de 8 mil pessoas em condomínios, além de alunos da Escola Classe Santa Helena. O governador ainda compareceu a uma rádio local para conceder entrevistas.

Fonte: Olavo David Neto/ Jornal de Brasilia