Atleta brasileiro venceu prova na Polônia em 1h19min43seg, quase 30 segundos abaixo do tempo exigido para ir pela quarta vez às Olimpíadas

O atleta brasiliense Caio Bonfim alcançou o índice olímpico para os Jogos de Paris 2024 neste domingo. Em Varsóvia, na Polônia, o marchador brasileiro venceu a prova de 20km válida pelo circuito mundial em 1h19min43seg, 27 segundos abaixo do tempo exigido pela World Athletics. Se confirmada a vaga, será a quarta Olimpíada de Caio.

Caio Bonfim etapa da República Tcheca de Marcha Atlética — Foto: Divulgação

Caio Bonfim etapa da República Tcheca de Marcha Atlética — Foto: Divulgação

A vaga é nominal, mas a entidade que rege o atletismo mundial ainda precisa confirmar o nome de Caio Bonfim entre os classificados, pois a obtenção de índice pode ocorrer até 30 de junho de 2024. Os atletas podem se classificar de duas formas para Paris 2024, com 50% das vagas baseadas em quem atingir os índices para determinado evento dentro do período de classificação e os outros 50% baseados no ranking da World Athletics. De qualquer maneira, Caio deve ir aos Jogos.

Caio Bonfim foi medalhista de bronze no Mundial de 2017 e sexto no ano passado. Em Jogos Olímpicos, o marchador brasileiro foi 39º em Londres 2012, quarto colocado no Rio 2016 e 13º em Tóquio 2020.

https://ge.globo.com/olimpiadas/video/caio-bonfim-fala-sobre-o-alto-nivel-da-prova-da-marcha-atletica-nem-sei-a-posicao-que-eu-cheguei-so-sei-que-eu-dei-tudo-9742732.ghtml

Caio Bonfim fala sobre o alto nível da prova da marcha atlética: “Nem sei a posição que eu cheguei, só sei que eu dei tudo˜

https://www.instagram.com/p/CrYkuEeOv6e/?utm_source=ig_embed&ig_rid=395e7036-6ef2-4daa-a686-d4f5d17bc199

Neste domingo, quem também passou perto de conseguir o índice olímpico para Paris 2024 foi a pernambucana Érica Sena. No mesmo evento disputado em volta do Estádio Nacional de Varsóvia, na Polônia, Érica ficou com a prata.

A marchadora brasileira completou os 20km em 1h30min19seg. O índice olímpico para as mulheres na marcha atlética é 1h29min20seg. Ou seja, ela ficou a apenas 59 segundos da marca. A vencedora da prova em Varsóvia foi a peruana Kimberly Garcia, atual campeã mundial.

– Fiz 1:30:19 e estou muito feliz por ter ido tão bem na prova. O circuito é difícil porque parece que você está sempre em curva, contornando o estádio – comentou Érica, que agora vai tentar o índice no GP de Rio Maior, em Portugal, e no de La Coruña, na Espanha.

Érica Sena, da marcha atlética — Foto: Divulgação

Érica Sena, da marcha atlética — Foto: Divulgação

Caio e Érica estrearam no Circuito Mundial no dia 25 de março, no Grande Prêmio de Dudince, na Eslováquia. Caio garantiu a prata nos 35 km, com 2h27min30seg, enquanto Érica, na sua primeira competição depois do nascimento de seu filho Kylian Andrés, há nove meses, ficou em quinto lugar com 2h47min59seg.

Importante os dois brasileiros estarem entre os melhores do mundo pois, em Paris 2024, estreia o revezamento misto da marcha atlética, e eles devem competir juntos. A prova será de 42,195 metros. Cada atleta percorre pouco mais de 10kh, duas vezes. Serão 25 duplas, uma por país. Homem e mulher se revezam no percurso, primeiro eles, depois elas.https://www.instagram.com/p/CrYkuEeOv6e/embed/captioned/?cr=1&v=12

MARATONA

Mais cedo, também neste domingo, o paulista Daniel Nascimento, o Danielzinho, conquistou o índice olímpico na Maratona de Hamburgo. O maratonista terminou os 42 km da prova em quarto lugar, com o tempo de 2h07min06, abaixo do índice exigido, de 2h08min10s. Ele é o primeiro brasileiro a bater a marca para os Jogos de Paris. A vaga para os Jogos de Paris, porém, só será confirmada no ano que vem.

O brasileiro é o homem não nascido na África mais rápido da história na maratona, com o tempo de 2h04m51s. Ele anotou a marca na maratona de Seul, na Coreia do Sul, no ano passado. A maratona foi a primeira prova do atletismo a abrir a janela de índices para as Olimpíadas de Paris. Os resultados passaram a valer para a classificação olímpica desde novembro do ano passado. As marcas valem até dia 30 de abril do ano que vem.

Danielzinho chegando com 1h01min03 na Meia do Rio 2022 — Foto: Instagram Daniel Nascimento

Danielzinho chegando com 1h01min03 na Meia do Rio 2022 — Foto: Instagram Daniel Nascimento

Por Redação do ge — São Paulo