Filho simula sequestro para enganar pai e acaba apreendido no DF: ‘pediu R$ 3 mil para o resgaste’, diz polícia

Investigadores conseguiram interceptar ligações e ouvir a negociação do suposto resgate.

  
Filho simula sequestro para enganar pai e acaba apreendido no DF (Foto: Reprodução)

 

Um homem de 37 anos procurou a polícia nesta sexta-feira (20) após receber a ligação telefônica de um grupo que anunciava o sequestro do filho, um adolescente de 15 anos, em Sobradinho, no Distrito Federal. No entanto, a investigação apontou que o jovem foi o responsável por forjar o crime.

 

A Polícia Civil conseguiu interceptar ligações e ouvir a negociação do suposto resgate (ouça acima). Nas gravações é possível escutar o pai fazendo um apelo aos suspeitos para que o jovem fosse solto.

 

De acordo com a Polícia Civil, os supostos sequestradores pediam dinheiro para que o garoto fosse resgatado. Segundo o delegado-chefe Laércio Carvalho, da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2), os suspeitos queriam R$ 3 mil para libertá-lo.

Horas de negociação

 

De acordo com o delegado, a equipe de policiais acompanhou o pai no resgate, quando perceberam a participação do jovem, “pelo comportamento calmo”.

 

“O garoto não demonstrava nenhum nervosismo. Não havia sinais de que havia passado por qualquer trauma. Após questionamentos [da equipe], antes mesmo de chegar na delegacia, o grupo confessou que forjaram [o sequestro].”

 

Os agentes da 35ª DP e da Divisão de Repressão a Sequestro (DRS) acompanharam toda a negociação que durou cerca de oito horas. O contato do pai com a delegacia foi às 17h30 de sexta-feira. Por volta de 1h30 da madrugada deste sábado, os policiais chegaram até o endereço indicado pelo grupo, em Planaltina de Goiás (GO).

 

“O próprio filho juntamente com o grupo teria simulado a situação com a finalidade de extorquir o próprio pai”, afirmou o delegado.

 

O crime forjado incluiu até mesmo um falso cativeiro. De acordo com a Polícia Civil, um dos integrantes do grupo pediu “emprestada” a casa de um amigo afirmando que fariam uma festa.

 

Fonte: G1