Além dos ajustes, execução de última etapa da obra vai melhorar a fluidez no complexo viário com a construção de uma terceira faixa de rolamento na pista que leva a Planaltina

O viaduto de Sobradinho está passando por ajustes. Quase dois meses depois de ser inaugurado, o complexo viário teve seu limite de velocidade alterado, além de ter recebido reforço nas sinalizações – tudo para levar mais segurança e fluidez ao trânsito da região. Uma última etapa da obra, a construção de uma terceira faixa de rolamento na pista que leva a Planaltina, também está em execução.

Construído pelo DER, o Complexo Viário Padre Jonas Vettoraci homenageia o importante líder religioso da região na década de 1980 | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

Batizado com o nome de Complexo Viário Padre Jonas Vettoraci, importante líder religioso da região na década de 1980, o viaduto foi construído pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) na BR-020, rodovia que liga Planaltina ao Plano Piloto. O elevado de 1,2 km de comprimento tem beneficiado cerca de 70 mil motoristas que transitam todos os dias pela região – mais de R$ 33,2 milhões foram investidos na obra.

O viaduto, que tem quatro alças de saída e acesso à RA e à Rota do Cavalo, conta com duas faixas em cada sentido para que transita entre Sobradinho e o Plano Piloto

O complexo oferece duas faixas para quem vai do Plano Piloto para Planaltina e outras duas para quem faz o sentido oposto. Já a área inferior do viaduto abriga quatro alças. A primeira é usada como retorno para quem vem do Plano Piloto, enquanto a segunda permite ir de Sobradinho para a Rota do Cavalo. A terceira faz o sentido contrário: da Rota do Cavalo para Sobradinho. E a quarta serve de retorno para quem vem de Planaltina.

‌“Baixamos o limite de velocidade nas alças de 40 km/h para 30 km/h. Também melhoramos as sinalizações e estamos instalando balizadores para direcionar o fluxo na saída da Rota do Cavalo para Sobradinho”, informa o presidente do DER, Fauzi Nacfur Junior. “Toda obra precisa passar por ajustes, em especial as viárias. Com o trânsito liberado, podemos fazer as adequações necessárias de acordo com as diversas situações que se apresentam.”

‌Para além dos ajustes, uma última etapa da obra do complexo viário está em andamento. É a abertura de uma terceira faixa de rolamento na pista que leva à Planaltina, expansão do que hoje é uma pista de aceleração. Com aproximadamente 1 km de comprimento, a faixa extra vai até a altura do Condomínio Alto da Boa Vista. De acordo com o DER, a construção deve durar pelo menos uma semana.

‌“Quando saem do viaduto, os veículos precisam reduzir a velocidade para receber os motoristas vindos de Sobradinho, que estão trafegando mais lentamente por terem acabado de fazer o retorno”, explica Fauzi. “A terceira faixa vai melhorar o fluxo na saída do viaduto e permitirá que todos estejam na mesma velocidade no ponto em que a pista volta a ter duas faixas de rolamento”, completa.

Fonte: ‌Carolina Caraballo, da Agência Brasília , Edição: Saulo Moreno