De acordo com a polícia, a região onde estava sendo construído o condomínio é de propriedade da Terracap e está inserida em área de proteção ambiental     

Os indivíduos foram presos e encaminhados a carceragem da PCDF

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), na tarde desta quinta-feira (2/5), prendeu quatro pessoas suspeitas de fazerem obras irregulares em uma área de proteção ambiental no DF.

A operação tem como intuito coibir o dano ambiental e parcelamento irregular do solo, na região do condomínio Mansões Bougainville, em Sobradinho. Os investigadores da Delegacia de Combate à Ocupação Irregular do Solo e aos Crimes contra a Ordem Urbanística e o Meio Ambiente (Dema) flagraram três tratores e dois caminhões realizando as obras no condomínio sem autorização de órgãos ambientais.

Os investigadores apontam que o condomínio está dentro de uma área rural de Sobradinho, que é propriedade da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap). O local em que as obras irregulares estavam sendo realizadas está inserida na área de proteção ambiental do São Bartolomeu, e, mais especificamente, no perímetro de preservação permanente, já que há diversos olhos-d’água.

Os quatro envolvidos foram presos em flagrante e indiciados por crime ambiental de alteração de local especialmente protegido e dano ambiental. Eles vão aguardar a audiência de custódia, que ocorrerá nesta sexta-feira (3/5), detidos na carceragem da PCDF.

Tags

  • #operação  #PCDF
  • #sao bartolomeu
  • #sobradinho

Fonte: Correio Braziliense – Foto: PCDF/Divulgação