Perda do mandato do presidente da Fecomércio-DF será julgada quarta-feira (14)

 

(*) Orlando Pontes

 

O presidente da Federação do Comércio do Distrito Federal (Fecomércio-DF), Adelmir Araújo Santana, pode ser excluído da diretoria da Confederação Nacional do Comércio (CNC). O colegiado é formado pelos dirigentes das federações estaduais.

 

O pedido de exclusão de Adelmir Santana foi apresentado pelo diretor e conselheiro da CNC Francisco Valdeci de Sousa Cavalcante, que apresentou denúncia na última reunião da diretoria baseada no artigo 11, incisos I e II do estatuto da entidade.

 

A reunião para decidir o futuro de Adelmir Santana está marcada para a quarta-feira (14), na sede da entidade, no Rio de Janeiro, quando o dirigente brasiliense poderá perder o mandato no Conselho de Representantes da CNC.

 

Caso isto se confirme, podem ocorrer outras sanções contra o presidente e a própria Fecomércio-DF. Entre elas, o corte de verbas e até uma possível intervenção, como ocorreu há alguns anos na gestão de Sérgio Koffes.

 

A assessoria da Fecomércio-DF afirma que a ação é uma retaliação por Adelmir Santana ter liderado a oposição na eleição deste ano da CNC e denunciado diversas irregularidades praticadas por membros da atual diretoria. E a sua saída da diretoria, de qualquer forma, ocorrerá no dia 16 – dois dias após a reunião de quarta-feira –, quando a nova diretoria será empossada.

 

Por Orlando Pontes/BSB Capital.com.br – Foto: Cristiano Costa