Procurava-te, ó bem amada, em todos os lugares!

Mas a hora ainda não me era chegada…

Procurava-te no mar, nos céus e nas estradas…

Em sonho, sempre tu me aparecias,

Com um belo sorriso, e um corpo divinal!

Talvez quisesse fazer-me o bem…

Mas acabavas fazendo–me o mal

***

Isto porque, ao acordar-me…

Pesando que fosse verdade…

Eu te procurava, e te procurava com uma ânsia louca…

Para acariciar teu corpo e beijar-te a boca

***

Ficava novamente triste…

E recomeçava a dura caminhada!

Foi então que no facebook…

Eu consegui te encontra, ó minha amada.

 

Por Vivaldo Terres- Escritor e Poeta