PCDF localizou o quarto e quinto integrantes que estavam foragidos

Os dois últimos suspeitos de envolvimento na morte do empresário Sílvio Ronaldo, 57 anos, em um condomínio do Grande Colorado foram presos neste fim de semana pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

A dupla, segundo a polícia, estava escondida na casa de parentes e por isso ficaram por mais tempo foragidos. A investigação realizada pela 35ª DP (Sobradinho II), já tinha identificado e divulgado a fotos dos envolvidos.

O crime ocorreu na manhã de 30 de agosto. Sílvio saia de casa para uma caminhada matinal quando foi abordado pelos criminosos. Ele teve os pertences e dinheiro roubados e foi executado dentro de casa, com diversos disparos no rosto.

De acordo com a polícia, todos os envolvidos possuem extensa ficha criminal. Três deles foram presos em outras operações. Com a prisão deste fim de semana, todos os envolvidos estão capturados.

Os suspeitos estão à disposição da Justiça.

Fonte: maisbrasilia.com / Foto: Reprodução