Região que abriga mais de 350 mil pessoas vem recebendo mais atenção do governo e da iniciativa privada e pode se tornar um novo polo de desenvolvimento

A saída norte do Distrito Federal, formada prioritariamente por Sobradinho, Sobradinho II e Planaltina, possui uma população que ultrapassa os 350 mil habitantes. A região é formada em sua maioria por áreas residenciais, reservando parte de seu território para áreas comerciais e industriais. A região tem potencial para se tornar polo de desenvolvimento econômico e social.

Apesar do baixo crescimento histórico da região, a Saída Norte vem recebendo nos últimos anos uma atenção maior por parte do governo distrital e do setor privado. É o caso das obras da BR-020 e do BRT Norte, além da instalação do Parque Tecnológico de Brasília e do avanço da regularização fundiária na região, que deve atrair mais investimentos para a região.

Com o avanço do processo de regularização fundiária, a valorização dos terrenos tem atraído compradores e investidores. Ricardo Birmann, diretor-presidente da Urbanizadora Paranoazinho, empresa que executa o processo na região, vê com otimismo o crescimento local. “Mais terrenos regularizados significam novas empresas e empreendimentos de olho na região. A segurança jurídica oferecida pelo nosso processo está trazendo mais investimento e desenvolvimento para o grande Colorado e toda a região próxima”, afirmou.

Birmann acredita que a região vive uma nova fase de crescimento, beneficiando toda a população dos condomínios locais. “A Saída Norte tem tudo para se tornar um novo polo de crescimento econômico e social do DF, criando uma região que seja autônoma do Plano e se torne referência para as demais regiões do Distrito federal”, pontua.

 

Investimentos públicos

De acordo com o DER, a obra da BR-020, no trecho da Ligação Torto-Colorado, custou R$ 87 milhões e beneficiará a população localizada próxima da rodovia, além dos moradores do Grande Colorado e do Lago Oeste. Pelo trecho passam diariamente mais de 50 mil carros nos dois sentidos. Ainda de acordo com o órgão, a obra aumentará de três para seis o número de faixas de cada lado da pista. A previsão de conclusão é dezembro de 2018.

 

Além do alargamento da rodovia, o GDF vem investindo em outras obras para melhorar a mobilidade na região. Promessa feita pelo governo para os moradores de Sobradinho e região foi a construção do BRT Norte.  Segundo informações da agência Brasília, o BRT Norte terá um total de 69 quilômetros, com ramais em Planaltina e Sobradinho. De acordo com o governador Rodrigo Rollemberg, “há previsão de cinco terminais ao longo do BRT Norte, 38 paradas e 26 passarelas de pedestres”.

 

O novo Parque Tecnológico de Brasília, que será instalado em uma área de 1,2 milhão de metros quadrados próximo da Granja do Torto, é outro investimento público que trará benefícios para os moradores. A inciativa busca criar um novo polo de desenvolvimento para o DF, gerando empregos e ativando a economia da região. Segundo Mário Henrique Lima, presidente da BioTIC/SA, empresa gestora do Parque Tecnológico, o objetivo é que o parque seja considerado um ambiente de inovação de alto nível. Um local onde empresas comecem pequenas e que, em pouco tempo, tenham um valor de mercado na casa dos milhões. “Queremos ter inteligência, valor agregado, tornar Brasília uma sede de Pesquisa e Desenvolvimento para juntar as ciências”, disse.

 

Fonte Karolina Kopko /santaféideias