A situação atual do país segundo os últimos dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde é que no Brasil são mais de 101.147 casos confirmados e 7.025 mortes, no Distrito Federal são mais de 1.649 infectados e 33 óbitos.

Durante a pandemia do coronavírus o número de clientes de banda larga fixa reduziu, segundo o ISPs foram registradas 113 mil cancelamentos no mês passado, quando foi decretado o isolamento social, operadoras como Oi e Vivo também apresentaram alguns pontos negativos,  em compensação a Claro e TIM apresentaram resultados positivos.

A porcentagem de contratos de banda larga fixa caiu 0,46% no mês passado, segundo a Anatel o Brasil totalizava 32,99 milhões de acessos ativos tanto por prestadoras regionais como as grandes operadoras. A operadora Claro foi a que mais conseguiu atrair novos clientes chegou a fechar 9,68 milhões de contratos, a TIM também fechou o mês de maneira positiva, com 601, 93 mil acessos.

Apesar da diminuição do número de clientes para banda larga fixa, as operadoras seguem com medidas como, a liberação de canais de TV por assinatura, canais como filmes, séries, esporte e entretenimento para que durante o período de quarentena as famílias possam se divertir e se informar sobre tudo o que está rolando no país e no mundo.

Além de ações como a ampliação da fibra óptica, liberação de canais e até mesmo bônus para clientes pré-pago, durante o período do coronavírus, a população tem acesso ao aplicativo Coronavírus-SUS e também ao Disque Saúde 136 para resolverem qualquer dúvida sobre o vírus. A app desenvolvida pelo SUS está disponível nas lojas App Store e Google Play e ambos serviços são gratuitos.

Fonte: Marina Couto/Content Officer – Selectra Brasil