Para o parlamentar, grandes eventos são importantes mas não mostram o potencial do DF, que continua formando e apresentando novos talentos e bandas na capital do rock

Até o dia 29 de julho, Brasília recebe grandes nomes do rock nacional no tradicional festival Capital Moto Week. A festa dá visibilidade ao potencial da Capital Federal para o gênero musical, pois, desde 2016, Brasília é oficialmente a capital do rock, através da Lei 5.615/2016, do deputado distrital Ricardo Vale (PT), que declara o Rock Brasiliense como Patrimônio Cultural Imaterial do Distrito Federal.

O cenário fértil do rock de Brasília na década de 1980, com bandas como Aborto Elétrico, Plebe Rude, Legião Urbana, Capital Inicial e tantas outras,  marcou o Brasil e transformou o centro oeste em referência do gênero. Entretanto, para o parlamentar, grandes eventos voltados para nomes consolidados nem sempre mostram o novo potencial do DF e é preciso investir na cultura local para garantir mais espaço para as bandas da capital.  

“Tem muita coisa boa sendo produzida, mas é difícil a concorrência com os grandes nomes nacionais, acho que além do espaço que é cedido nos grandes eventos para as bandas nacionais, é preciso criar mais ações próprias para formação e incentivo das produções  locais . Tenho certeza de que temos material para uma nova explosão do rock do DF e região que pode chegar em todo país”, avalia.

Comunicação Ricardo Vale