Caio Bonfim comemora boa temporada de 2023 (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

Bronze nos 20 km no Mundial de Budapeste e ganhador de duas medalhas – prata e bronze – nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, o brasiliense somou 4.075 pontos em competições da World Athletics Race Walking Tour

Qualificado para os Jogos Olímpicos de Paris-2024, Caio Bonfim teve mais uma grande conquista na temporada 2023. Depois da medalha de bronze no Mundial de Budapeste, na Hungria, e das duas medalhas – prata e bronze – nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, o marchador brasiliense, de 32 anos, foi campeão dos 20 km da World Athletics Race Walking Tour, circuito das principais competições de marcha atlética do mundo, equivalente à Liga Diamante para as provas de pista e campo.

“Estou satisfeito com a temporada. Fui regular. Fiz várias provas abaixo de 1:20:00. Agora é focar ainda mais na preparação para a Olimpíada”, disse Caio Bonfim, atleta do CASO-DF e treinado por seus pais Gianetti Bonfim e João Sena.

O ranking final levou em conta os três principais resultados do brasileiro no circuito. Caio venceu o GP de Varsóvia, na Polônia, dia 23 de abril, com 1:19:43, e foi campeão também do tradicional GP de La Coruña, na Espanha, dia 3 de junho, com 1:18:29. No Mundial de Budapeste, dia 19 de agosto, levou o bronze com 1:17:47, novo recorde brasileiro e a segunda melhor marca da história na América do Sul. Ele somou 4.075 pontos na classificação final.

O Pan-Americano não faz parte do circuito, mas Caio mostrou-se consistente também no Chile. Levou prata nos 20 km, com 1:19:23, e bronze, ao lado de Viviane Lyra, na maratona de marcha atlética em revezamento misto, com 3:02:14.

Classificação final

1 – Caio Bonfim (BRA) – 4.075 pontos

2 – Perseus Karlström (SWE) – 4.032

3 – Brian Daniel Pintado (ECU) – 4.008

4 – Declan Tingay (AUS) – 3.890

5 – Christopher Linke (GER) – 3.886

Fonte: cbat.org.br