Tag: Ações Parlamentares do Deputado Distrital João Cardoso

Novo Portal da Transparência garante acesso facilitado a dados da CLDF

É dever dos órgãos públicos dar publicidade e prestar contas das receitas e despesas; aplicação dos recursos recolhidos na forma de impostos; salários dos servidores públicos, entre outros. A transparência é um dever.

Sem aumentar despesas, CLDF dá início à instalação de sua agência de notícias

O Diário Oficial da Câmara Legislativa do Distrito Federal (DCL) trouxe na última quinta-feira (1º) a publicação de um importante veículo para a comunicação pública distrital: a criação da Agência de Notícias CLDF.

Carregando

Deputado João Cardoso manifesta seu apoio à campanha Setembro Amarelo

O deputado João Cardoso (Avante) aproveitou a sessão plenária do último dia 2 de setembro para alertar parlamentares e comunidade do DF quanto a necessidade e conveniência mais que nunca da campanha Setembro Amarelo.

Justiça bate martelo e escola particular volta

A Justiça do Trabalho autorizou o retorno das aulas presenciais nas escolas da rede privada do Distrito Federal.

Setor produtivo pede apoio do governo e do Legislativo

Representantes do setor empresarial que participaram hoje (23) do debate virtual realizado pela CLDF sobre a recuperação da economia local no período de pós-pandemia pediram apoio do governo para superar a crise econômica.

Servidor de duas carreiras, deputado distrital João Cardoso reforça Frente Parlamentar em Defesa das Estatais do DF

Contrário às privatizações das empresas públicas do Distrito Federal, o deputado João Cardoso (Avante) é um dos nove nomes que integram a Frente Parlamentar em Defesa das Estatais, lançada no último dia 10 de outubro, na Câmara Legislativa do DF. Representantes e servidores da Caesb, CEB, BRB, Codeplan e Metrô…

Ações parlamentares do Deputado Distrital João Cardoso no mês de Junho

No último dia 18 foi aprovada em segundo turno pela Câmara Legislativa a Proposta de Emenda à Lei Orgânica do Distrito Federal 6/2019, de autoria do deputado distrital João Cardoso (Avante). Caso seja sancionada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), condenados por violência doméstica ou familiar contra a mulher, crianças, adolescentes e idosos serão proibidos de ingressar no serviço público local até oito anos após o cumprimento da pena.

Carregando

campanha

Nossos Parceiros

Arquivos

Tamanho da Fonte
Contraste
WhatsApp chat