Com garantia de vacinação de todos os profissionais envolvidos na educação, com a chegada da vacina da Janssen esse processo deve ser acelerado. A volta às aulas presenciais é prevista para agosto na rede pública de ensino.

DF anuncia para agosto retorno da rede pública às aulas presenciais
DF anuncia para agosto retorno da rede pública às aulas presenciais (Imagem/Reprodução: Notícias do Quadrado/Freepik)

O governador Ibaneis Rocha confirmou que o governo está trabalhando para possibilitar a volta às aulas presenciais a partir de 2 de agosto.

Já são 1 ano e 3 meses sem aulas presenciais no DF, o ano letivo de 2021 já foi iniciado, com certo atraso, mas de forma remota apenas.

Vacinação dos professores e volta as aulas presenciais no DF

Em consenso entre os educadores de todo o país que o requisito mínimo para que seja possível retomar as atividades presenciais é a vacinação dos profissionais da educação.

É exatamente esse ponto que o governador do DF pretende acelerar nas próximas semanas.

No último sábado, 26, essa classe começou a ser vacinada em Brasília, foram aplicadas 5 mil doses no sábado e mais 5 mil no domingo.

Ao todo, 18 mil doses da Janssen são destinadas aos profissionais da educação no DF.

Esse avanço deve possibilitar que a retomada da educação, pois, essa é a única vacina em dose única que está sendo aplicada no Brasil nesse momento.

“É meramente questão de logística. Todos os profissionais da rede pública de ensino estarão imunizados e as aulas presenciais retornam ao fim do recesso escolar de julho”, informou o governo do DF.

Veja abaixo as localidades/para quem é a vacinação dos professores nessa segunda e terça:

  • Segunda-feira, 28: CRE Samambaia, CRE Planaltina, CRE Paranóa e CRE Taguatinga.
  • Terça-feira, 29: Iniciativa Privada.

A expectativa é de que 28 mil doses sejam aplicadas hoje e mais 8 mil amanhã. Com esse cronograma divulgado, faltarão as regiões de Ceilândia, Gama, Sobradinho, Núcleo Bandeirante e Plano Piloto.

Os educadores delas também serão imunizados com a vacina da Janssen. Mas serão convocados posteriormente, quando mais lotes dela chegarem no Brasil.

Além da imunização, a volta as aulas vai querer que todos sigam protocolos específicos de biossegurança.

“Nós vamos voltar em agosto com todos os protocolos sanitários ativados. Haverá aferição da temperatura na entrada da escola, dispositivos para limpar as mãos com álcool gel e respeito ao distanciamento dentro das salas de aula”, explica o secretário de Educação, Leandro Cruz.

Além disso, o retorno não será total, as unidades escolares ainda terão que ofertar o ensino remoto.

Fonte: Jamille Novaes.fdr